Postado em 08 de Novembro de 2017 às 10h28

Acidente Vascular Cerebral: Fique atento!

Saúde (85)
     Certamente você conhece ou já ouviu falar em alguém que sofreu um Acidente Vascular Cerebral, ou AVC. Mas você sabe o que é um AVC? Ou como identificar se uma pessoa está passando por um?     Segundo a Associação AVC, de Portugal, um acidente vascular cerebral acontece quando nosso corpo não consegue fornecer sangue…

     Certamente você conhece ou já ouviu falar em alguém que sofreu um Acidente Vascular Cerebral, ou AVC. Mas você sabe o que é um AVC? Ou como identificar se uma pessoa está passando por um?

   

Segundo a Associação AVC, de Portugal, um acidente vascular cerebral acontece quando nosso corpo não consegue fornecer sangue para uma determinada parte do cérebro. É o sangue que leva nutrientes importantes e oxigênio para nossa cabeça, e quando isso é interrompido, pode danificar as células cerebrais, impossibilitando-as de cumprir seu papel.

    É o cérebro que controla todo nosso corpo e uma lesão pode afetar muitas funções corporais, como movimentos do rosto, braços e pernas, além de possíveis danos em nossos processos mentais.

    É importante lembrar que existem dois tipos de AVC, o mais comum, que é o isquêmico, pode acontecer quando um coágulo de sangue se forma em uma artéria em direção ao cérebro, ocasionando uma trombose cerebral, ou quando um glóbulo de gordura se forma em um vaso sanguíneo do corpo e é levado pelo sangue para o cérebro. Já o segundo tipo é o AVC hemorrágico, que pode ser caracterizado como um derrame. Acontece quando um vaso sanguíneo arrebenta, causando uma hemorragia no cérebro.

Sintomas

    A Associação AVC também alerta para os sintomas, que são repentinos e incluem dormência, fraqueza ou paralisia de um lado do corpo, fala arrastada, perda de visão, confusão e fortes dores de cabeça.

   

Existe um teste muito simples que pode ajudar a reconhecer um AVC. Ele consiste em avaliar se a pessoa tem alguma fraqueza facial, se ela consegue sorrir e se a boca ou olho estão ?caídos?. O mesmo vale para outras partes do corpo, como o braço. Peça para a pessoa levantar o braço ou se ela consegue falar com clareza e entender perfeitamente o que lhe dizem. Caso não consiga, chame um médico imediatamente.

Fatores de risco

    

Um Acidente Vascular Cerebral pode acontecer com qualquer pessoa, mas existem alguns fatores que podem fazer o risco aumentar. Entre pessoas com menos de 75 anos, os homens têm mais probabilidade de sofrer um AVC do que as mulheres.

       A idade é um fator de risco. Pessoas com mais de 55 anos são mais propensas a sofrer um AVC, e o risco continua aumentando conforme a idade. Isso acontece porque as artérias endurecem pela acumulação de colesterol e outros detritos que são formados ao longo dos anos.

       O histórico familiar também interfere. Ter parentes próximos que tiveram um AVC aumenta as probabilidades, pois condições como hipertensão e diabetes tendem a ser hereditárias.

Prevenção

   

Para evitar um AVC, uma mudança no estilo de vida pode resolver. Consumir alimentos magros e que não sejam fontes de gordura, evita que o colesterol acumule no sague. A prática de exercícios físicos também ajuda a manter a corrente sanguínea e o coração saudáveis. Além disso, evite o uso de cigarro e de álcool, pois eles são grandes vilões da nossa saúde

Veja também

Dicas para cuidar da saúde no Outono!16/05/17 As tendências climáticas do Outono já podem ser sentidas! Alguns cuidados são importantes para evitar desconfortos e problemas que podem ser causados pela chegada do frio e do ar seco. Resfriados, gripes, faringites, sinusites e pneumonias são algumas das doenças mais comuns das estações mais frias. É importante estar atento à alguns detalhes, pois as…...
Entenda a dor crônica18/07/18 Por Márcio Paz Telesca Médico ortopedista e traumatologista cooperado da Unimed Chapecó Todo mundo sente dor de vez em quando. Quando você corta o dedo ou leva uma pancada no esporte, a dor é a maneira do seu corpo de lhe dizer que algo está errado. Uma vez......
O poder do limão25/07/18 O limão, em qualquer uma das suas variedades (taiti, cravo ou caipira, siciliano e galego) é rico em vitamina C, algumas vitaminas do complexo B, fibras e alguns minerais em pequenas quantidades, como fósforo, cálcio e ferro.             A nutricionista Jaine......

Voltar para Blog

categorias-noticias