Postado em 06 de Junho de 2019 às 20h02

Mitos e verdades da água com gás

Saúde (82)Alimentação (52)
Causadora de discórdia, tendo defensores e opositores com opiniões bastante divergentes a seu respeito. Há quem diga que é preciso adaptar o paladar e não abre mão em dias quentes de verão. Do contrário, há quem prefira passar sede do que ingeri-la. A água com gás é uma fonte de hidratação que além de ser…

Causadora de discórdia, tendo defensores e opositores com opiniões bastante divergentes a seu respeito. Há quem diga que é preciso adaptar o paladar e não abre mão em dias quentes de verão. Do contrário, há quem prefira passar sede do que ingeri-la. A água com gás é uma fonte de hidratação que além de ser cercada por opiniões diversas, também possui inúmeros mitos e verdades a seu respeito.

Produzida com a adição de dióxido de carbono (gás carbônico) sob pressão ao líquido, a água com gás contém um ácido chamado ácido carbônico, conferindo pH entre 5 a 6 na água. ?A presença de ácido carbônico causa a sensação de conforto gástrico com pequena dilatação do estômago, causando sensação de saciedade precoce, o que para alguns pode ser positivo. Outra vantagem é a boa concentração de potássio, o que faz da água com gás um bom repositor desse elemento?, explica a nutricionista Grasieli Thais Lottermann.

Ao contrário do que se pensa, esse produto é tão hidratante quanto a água sem gás, porque traz consigo os mesmos benefícios. Entretanto, por ser gaseificada, a ingestão pode ser mais lenta. Vale ressaltar que isso também não permite que essa água seja a única fonte de hidratação diária, pois isso causaria desequilíbrio hidroeletrolítico no corpo. De acordo com a nutricionista, ?não existem recomendações quantitativas para o consumo, mas uma dose de 500mL parece ser benéfica?.

Pode ser uma boa aliada aos amantes de refrigerante, que através da saborização pode substituí-los. Dra. Grasieli recomenda aromatizar a água com gás com frutas, folhas, além de ser ótima para consumo depois de excessos festivos alimentares e alcoólicos.

Mitos: saiba mais sobre a água com gás

 

Água com gás faz mal à saúde – Mito

Não há contraindicações ou estudos que comprovem que a água gaseificada faça mal à saúde, mas algumas orientações são dadas sobre o seu consumo. ?Deve ser evitada durante a gestação,por dificultar a absorção de nutrientes pelo bebê. Para pessoas que foram diagnosticadas com gastrite também se recomenda evitar, porque os gases podem irritar a mucosa e produzir ainda mais lesões, aumentando o ferimento?, explica a nutricionista.

Água com gás emagrece ? Mito

O que acontece é a sensação de saciedade devido a gaseificação do produto, o que faz com que se coma menos.

A água gaseificada não hidrata como a natural ? Mito

Ambas possuem as mesmas propriedades e optar pela água com gás é uma boa forma de variar o consumo do líquido. O que não pode é apenas consumir essa água como fonte exclusiva de líquido, em função dos gases presentes.

Veja também

A importância da vacinação infantil20/04/17 A saúde e o bem-estar infantil são assuntos de prioridade máxima para pais preocupados e responsáveis.  Para ficar longe de doenças infecciosas e contagiosas, cumprir o calendário de vacinação é fundamental. A enfermeira Giseli Spada, da Clínica Integrada de Pediatria (CIPED/Chapecó) explica que a vacinação é a forma mais segura de proteção contra doenças graves.…...
Melanoma: um dos perigos dos raios ultravioletas19/02/18 Sabemos o quanto o uso do protetor solar é importante para manter a proteção da pele contra os raios ultravioletas. Uma das consequências de não tomar esse cuidado são os melanomas, um tipo de câncer de pele que tem origem nas células que produzem a......
Quando a pressão é considerada alta?18/08/17 Dores de cabeça frequentes, tontura, sensação de cansaço, visão embaralhada. Esses são alguns dos sintomas da hipertensão, ou pressão alta, quando ela já está em estado avançado. Essa doença silenciosa é mais comum do que você imagina, e já afeta mais de 2......

Voltar para Blog

categorias-noticias