Postado em 06 de Junho de 2019 às 20h02

Mitos e verdades da água com gás

Saúde (79)Alimentação (47)
Causadora de discórdia, tendo defensores e opositores com opiniões bastante divergentes a seu respeito. Há quem diga que é preciso adaptar o paladar e não abre mão em dias quentes de verão. Do contrário, há quem prefira passar sede do que ingeri-la. A água com gás é uma fonte de hidratação que além de ser…

Causadora de discórdia, tendo defensores e opositores com opiniões bastante divergentes a seu respeito. Há quem diga que é preciso adaptar o paladar e não abre mão em dias quentes de verão. Do contrário, há quem prefira passar sede do que ingeri-la. A água com gás é uma fonte de hidratação que além de ser cercada por opiniões diversas, também possui inúmeros mitos e verdades a seu respeito.

Produzida com a adição de dióxido de carbono (gás carbônico) sob pressão ao líquido, a água com gás contém um ácido chamado ácido carbônico, conferindo pH entre 5 a 6 na água. ?A presença de ácido carbônico causa a sensação de conforto gástrico com pequena dilatação do estômago, causando sensação de saciedade precoce, o que para alguns pode ser positivo. Outra vantagem é a boa concentração de potássio, o que faz da água com gás um bom repositor desse elemento?, explica a nutricionista Grasieli Thais Lottermann.

Ao contrário do que se pensa, esse produto é tão hidratante quanto a água sem gás, porque traz consigo os mesmos benefícios. Entretanto, por ser gaseificada, a ingestão pode ser mais lenta. Vale ressaltar que isso também não permite que essa água seja a única fonte de hidratação diária, pois isso causaria desequilíbrio hidroeletrolítico no corpo. De acordo com a nutricionista, ?não existem recomendações quantitativas para o consumo, mas uma dose de 500mL parece ser benéfica?.

Pode ser uma boa aliada aos amantes de refrigerante, que através da saborização pode substituí-los. Dra. Grasieli recomenda aromatizar a água com gás com frutas, folhas, além de ser ótima para consumo depois de excessos festivos alimentares e alcoólicos.

Mitos: saiba mais sobre a água com gás

 

Água com gás faz mal à saúde – Mito

Não há contraindicações ou estudos que comprovem que a água gaseificada faça mal à saúde, mas algumas orientações são dadas sobre o seu consumo. ?Deve ser evitada durante a gestação,por dificultar a absorção de nutrientes pelo bebê. Para pessoas que foram diagnosticadas com gastrite também se recomenda evitar, porque os gases podem irritar a mucosa e produzir ainda mais lesões, aumentando o ferimento?, explica a nutricionista.

Água com gás emagrece ? Mito

O que acontece é a sensação de saciedade devido a gaseificação do produto, o que faz com que se coma menos.

A água gaseificada não hidrata como a natural ? Mito

Ambas possuem as mesmas propriedades e optar pela água com gás é uma boa forma de variar o consumo do líquido. O que não pode é apenas consumir essa água como fonte exclusiva de líquido, em função dos gases presentes.

Veja também

Magnésio, mais importante do que você imagina17/06/20 Alguns minerais são essenciais para nosso organismo, mas nem sempre consumimos o necessário. Muitas vezes nem sabemos qual a real importância de ingerir esses elementos. Entre eles está o magnésio. Esse mineral tem uma função primordial nas reações intracelulares (que ocorrem dentro das células) do nosso corpo. Entre elas, a nutricionista......
O frio chegou e com ele as alergias respiratórias: saiba como evitar03/07/19 O inverno começou no dia 21 de junho. Os casacos já não ficam mais guardados no armário e muitas casas já começam ser aquecidas com o fogão a lenha. Acompanhado das baixas temperaturas, alergias e doenças respiratórias aumentam nesta época do ano. Gripe,......
Calor, dor de ouvido e o sono11/02/20 Estação mais quente intensifica as dores de ouvido Piscinas ou praias deixam nossos ouvidos expostos as otites externas Ouvimos diariamente falar sobre infecções de ouvido - o termo otite refere-se à......

Voltar para Blog

categorias-noticias