Postado em 30 de Janeiro de 2019 às 13h24

Como prevenir a dor nas costas

Saúde (82)Dicas (59)Atividade Física (15)
Vários são os motivos que podem originar dor nas costas.  Como cada caso é diferente, é preciso buscar um especialista para obter o diagnóstico correto e o melhor tratamento. "De maneira geral, a lombalgia é um problema postural, cuja causa é uma má posição que fazemos para se abaixar, carregar peso, sentar, deitar. Ela também…

Vários são os motivos que podem originar dor nas costas.  Como cada caso é diferente, é preciso buscar um especialista para obter o diagnóstico correto e o melhor tratamento. “De maneira geral, a lombalgia é um problema postural, cuja causa é uma má posição que fazemos para se abaixar, carregar peso, sentar, deitar. Ela também pode ser causada por outros problemas como artrose, infecção, inflamação, escorregamento de vértebra, hérnia de discos e até questões emocionais”, esclarece o médico ortopedista e traumatologista, Joaquim Reichmann.
Segundo ele, o problema ocorre quando uma pessoa passa a sentir dor na região lombar, que fica na parte mais baixa da coluna, perto da bacia.  Quanto mais avançada a idade, maiores são as chances de apresentar ataques adicionais de dores. Além disso, fazer trabalhos pesados, estar acima do seu peso normal e manter um estilo de vida sedentário também são fatores que podem contribuir para o quadro de dor nas costas.
“A lombalgia também prejudica as atividades do cotidiano, deixando a pessoa sem energia e desanimada. Por isso é preciso buscar o tratamento correto e sempre tentar prevenir”, alerta o médico.

Orientações para prevenir a dor nas costas
Reichmann reforça a importância da atividade física, desde que seja com a orientação de um especialista, pois alguns exercícios não devem ser feitos por quem tem lombalgia, podendo, inclusive, piorar o quadro. Ainda assim, aderir a um estilo de vida mais saudável é um dos principais aliados para evitar a dor. Os exercícios, além de fortalecerem o corpo, podem contribuir para a prevenção do sobrepeso que é um risco para as costas já que a gordura concentrada na região abdominal pode aumentar a pressão sobre a região lombar. 


“Outra recomendação é o alongamento, principalmente se a pessoa passa muito tempo sentada. Quem trabalha sentado também precisa manter as costas retas e apoiadas na cadeira. Outro cuidado importante é ao carregar objetos pesados. É recomendável evitar pegar objetos pesados acima da cabeça com os braços esticados. Atenção também ao se abaixar: ao invés de curvar-se, o ideal é ajoelhar-se”, orienta.

No dia a dia é importante também cuidar ao escolher o colchão para que esteja de acordo com o peso e ficar atento se sentir dores depois de uma noite de sono; deitar de barriga para cima e apoiar os pés na hora de dormir, ou, quando for dormir de lado, colocar um travesseiro entre as pernas e outro na cabeça, deixando a coluna alinhada; não dormir de bruços, pois força a coluna; não apoiar o celular no ombro ao falar, pois pode resultar em um mau jeito; evitar ficar muito tempo de pé na mesma posição; estar atento ao peso de bolsas, mochilas e malas, entre outros. “Uma orientação importante, principalmente agora no verão que as pessoas normalmente caminham mais ao ar livre, é não fazer caminhadas usando sandálias rasteirinhas ou sapatilhas, pois sapatos retos não fornecem suporte à coluna. O ideal é preferir calçados com até dois centímetros e que sejam confortáveis e compatíveis com a atividade”, explica.
Reichmann ressalta que a caminhada pode diminuir 90% dos casos de dor crônica na região lombar. “A prática de atividades físicas regulares ajuda a retardar a degeneração óssea causada pelo envelhecimento, além de fortalecer os músculos que sustentam a coluna, evitando que ela fique instável e cause dor”, esclarece.

Veja também

O cálculo do IMC é válido para todos?17/05/18 Ouvimos muito falar do cálculo do Índice do Massa Corporal (IMC). Quando vamos à academia pela primeira vez é comum que o educar físico nos pese e verifique nossa altura para calcular esse índice. Mas para que ele serve? Os números estão sempre corretos? O educador físico Felipe Saretta comenta que este método avaliativo foi…...
Aposte no Ômega 313/03/17 O peixe é um alimento de alto valor nutritivo, por isso torna-se item indispensável na alimentação. Afinal possui um suplemento essencial à saúde, o ômega 3. Esse eficiente complemento alimentar traz inúmeros benefícios para quem o consome, como a diminuição......
Musculação para o tratamento da Artrose27/11/19 A artrose piora progressivamente com o tempo, e não existe cura, mas os tratamentos podem retardar a progressão da doença. Segundo dados do Ministério da Saúde, a artrose atinge 15 milhões de pessoas no Brasil. Dados da Organização Mundial da Saúde apontam......

Voltar para Blog

categorias-noticias