Postado em 03 de Setembro de 2021 às 16h36

SETEMBRO AMARELO: campanha busca previnir o suicídio

Datas Comemorativas (35)

A cada 45 minutos uma pessoa dá fim a própria vida no Brasil, o que representa cerca de 32 pessoas por dia. Os dados citados são do  Centro de Valorização da Vida (CVV), a associação é pioneira no trabalho de prevenção ao suicídio, com ações desde 1962. 

O “Setembro Amarelo” tem como objetivo colocar em pauta a saúde mental das pessoas e também conscientizar sobre o suicídio. Embora ainda haja mitos e tabus envolvendo a temática, a prevenção avança e mostra que, ao contrário do que se afirmava nos EUA na década de 1980, falar sobre o suicídio não vai causar mortes por imitação.

De acordo com especialistas, a grande questão ao tratar sobre o suicídio é não glamourizar o ato, nem mesmo divulgar a forma que foi feito ou as técnicas utilizadas. Portanto, o assunto deve vir à tona como uma forma de prevenção para que às pessoas possam identificar possíveis casos e/ou saber onde podem buscar ajuda.

Índices de suicídio durante a pandemia

Especulava-se que o medo e as incertezas causados, principalmente no início da pandemia, pudessem resultar em um aumento nos casos de suicídio. No entanto, um estudo do Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2021, relevou que no Brasil, os números de suicídio variaram 0,4%, sendo 12.745 casos em 2019 e 12.895 em 2020.

Sinais e como ajudar

Uma questão de saúde pública, o suicídio não deve ser associado somente a uma causa, pois se desencadeia por meio de uma série de fatores. Mas será que existem sinais que possam ser percebidos para evitar o suicídio.

Especialistas explicam que, muitas vezes, tudo começa com o pensamento vago no ato, e a idealização vem depois. O que é possível interromper com tratamento psicológico e orientações médicas.

Falar sobre o assunto é, como diz o mote da campanha do Ministério da Saúde para 2021: “o melhor caminho”. A conversa sem o julgamento e com o desejo de ajudar, pode ser o caminho para a solução. O Centro de Valorização da Vida, citado no início da matéria, tem um serviço de apoio emocional gratuito que é feito por voluntários através de e-mail, chat ou telefone.

Se você estiver precisando de ajuda, ou conhece alguém que precisa, acesse: cvv.org.br e encontrará apoio. Lembre-se que existem profissionais capacitados para lhe ajudar e tudo ficará em sigilo. 

  • EkoSaúde - Informação que promove saúde, bem-estar e qualidade de vida -

Veja também

Outubro Rosa por outro olhar: alimentação na prevenção ao câncer de mama07/10/21 A campanha Outubro Rosa, que visa a prevenção ao câncer de mama já está bem disseminada e é reconhecida por todo o país. No ano passado, contamos um pouco sobre como esse movimento iniciou e ainda publicamos uma entrevista com a médica ginecologista, Cândice Bocaccio Sperb. Neste ano, vamos falar sobre a prevenção à doença por......
Outubro Rosa: muito além de uma campanha26/10/17 Estamos no mês de outubro, e você provavelmente já viu em muitos lugares a campanha chamada Outubro Rosa. Muitas empresas e instituições aderem a esse movimento, que é simbolizado por um laço de cor rosa representando, mundialmente, a luta contra o câncer de......
Novembro Azul: cuidado redobrado08/11/18 Assim como as mulheres, os homens recebem um mês dedicado à informação e a prevenção da saúde. O Novembro ganha a cor azul e o desafio de conscientizar a sociedade sobre as doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de......

Voltar para Blog

categorias-noticias