Postado em 21 de Fevereiro às 16h56

Alcool e a fase profunda do sono

Um noite sem dormir ou uma noite com poucas horas de sono resulta em uma série de alterações no organismo. Cansaço, dificuldade de concentração e alteração de humor são uma das consequências.
Segundo a Associação Brasileira do Sono (ABS), 73 milhões de brasileiros são acometidos pela insônia. Essa dificuldade para dormir pode estar associada a um hábito muito comum: o consumo de bebidas alcoólicas.
Depois de um dia cansativo, muitas pessoas tomam uma taça de vinho ou alguma outra dose de álcool, com o propósito de relaxar. Porém, esse hábito interfere diretamente na qualidade do sono e na reparação do organismo.
Conforme aponta um estudo britânico, realizado pelo Centro do Sono de Londres, o álcool prejudica os ciclos do sono e, se consumido com frequência antes de dormir, pode até causar problemas como apneia e insônia crônica.
A pesquisa analisou cerca de cem estudos relativos ao consumo de álcool antes de dormir e então partiu para um exame mais detalhado de 20 pesquisas. A partir destas análises, eles descobriram que a bebida alcoólica altera o sono de três formas: primeiro, acelera o início do sono e em seguida faz com que a pessoa caia em um sono profundo.
Pode parecer positivo, porém na terceira fase acontece a fragmentação dos padrões de sono, ou seja, a bebida alcoólica reduz o tempo do sono REM, a fase na qual os sonhos geralmente ocorrem. O sono se torna menos repousante e mais agitado. Por isso, acordamos mais cansados e estressados.
Outro estudo sobre a relação entre o álcool e o sono foi realizado por uma Universidade da Finlândia, publicado na revista JMIR Mental Health. Os pesquisadores analisaram mais de quatro mil pessoas com idade entre 18 e 65 anos. A pesquisa se baseou na observação de duas noites de sono dos participantes. Uma sem o consumo de álcool e outra com a ingestão.
O resultado comprovou que o consumo de bebidas alcoólicas interfere em importante processos do sono, prejudicando sua qualidade em até 40%. Além disso, seu consumo intensifica distúrbios do sono.
Após ler sobre esses dois estudos, fica claro que é preciso moderar a ingestão de bebidas alcoólicas, principalmente à noite. Preservar bons hábitos de saúde resultam em uma qualidade maior do sono.
________________________________

Veja também

27 DE SETEMBRO: DIA NACIONAL DA DOAÇÃO DE ÓRGÃOS E TECIDOS25/09Data foi estipulada para conscientização do tema Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil possui o maior sistema público de transplantes do mundo, cerca de 95% são financiados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O país vinha em um crescimento gradativo de doações, e embora os números positivos dos últimos anos, em junho de 2019, ainda haviam mais de 40 mil pessoas na lista de espera para......
Por que roncamos?04/12/19 Com certeza você já deve ter perdido o sono por causa do ronco do seu companheiro. Ou mesmo por não conseguir dormir devido a obstrução nasal. Segundo estimativas, cerca de 54% da população adulta sofre de ronco, principalmente pessoas obesas, idosas e......
Halloween e o sono das crianças25/10/19 Ao nascer e passar por todas as fases de desenvolvimento, as crianças entram em contato com várias experiências. E para que essas vivências sejam transformadas em aprendizado, o sono tem um papel muito importante. Enquanto elas dormem, o conhecimento é......

Voltar para Blog

categorias-noticias