Postado em 18 de Novembro de 2019 às 18h19

Fatores que influenciam no sonambulismo

Sono (47)
Dificuldades para dormir ou manter um sono contínuo estão ligadas a diversos problemas. Muitas vezes são causados pela ansiedade, depressão, dores crônicas ou doenças, como o sonambulismo. Esse distúrbio é caracterizado por comportamentos anormais no meio da noite, como sentar na cama, arrumar as cobertas, caminhar pela casa, mudar de roupa, abrir portas e janelas…

Dificuldades para dormir ou manter um sono contínuo estão ligadas a diversos problemas. Muitas vezes são causados pela ansiedade, depressão, dores crônicas ou doenças, como o sonambulismo.
Esse distúrbio é caracterizado por comportamentos anormais no meio da noite, como sentar na cama, arrumar as cobertas, caminhar pela casa, mudar de roupa, abrir portas e janelas e ir ao banheiro. Todas essas atividades acontecem sem a pessoa ter consciência do que está fazendo, pois parte das suas funções cerebrais continua adormecida e ela permanece num estado de transição entre o sono e a vigília.
Os episódios de sonambulismo costumam ocorrer uma ou duas horas depois que a pessoa adormeceu, duram de poucos segundos a meia hora e terminam quando ela acorda ou volta para cama para continuar dormindo.
Apesar de saber essas características sobre o sonambulismo, pesquisadores e médicos ainda não sabem a causa exata do distúrbio. É considerado que vários fatores podem influenciar na ocorrência dos episódios, como os seguintes:
Genética: Como grande parte dos distúrbios e doenças, o sonambulismo pode ser herdado geneticamente.
Idade: O sonambulismo é muito mais comum em crianças de 12 e 13 anos e está relacionada ao processo de amadurecimento do cérebro. Porém adultos e idosos também podem apresentar o distúrbio.
Privação do sono: Noites mal dormidas.
Distúrbios psiquiátricos: Ansiedade e depressão podem desencadear episódios de sonambulismo.
Medicamentos: O sonambulismo pode ser desencadeado por remédios que podem interferir no sono, como hipnóticos, sedativos ou certos medicamentos utilizados para tratamentos psiquiátricos.

Entretanto, o sonambulismo é um distúrbio benigno do sono, que pode desaparecer espontaneamente nas crianças. O tratamento só se torna necessário, quando os episódios são frequentes e podem oferecer risco de acidentes ou constrangimento para o paciente.
O sono é um estado da consciência muito sensível às variações emocionais e pode ser alterado com facilidade. Por isso, se você estiver com dificuldades para dormir, é recomendado a procura de um médico especialista do sono. Priorizar a qualidade de vida e qualidade do sono são importante para o bem-estar.

____________________________________________________________________

EKO’7

 

Veja também

Dormir bem é questão de saúde17/05/19 Uma noite mal dormida pode afetar as respostas imunológicas do organismo O sono desempenha papel restaurador no organismo. Partindo dessa premissa, é possível reconhecer que dormir bem tem relações diretamente associadas ao bom funcionamento do nosso sistema imunológico. Muita energia é gasta para que a manutenção das células que compõem as defesas do corpo permaneça em…...
Dia Mundial da Audição03/03 Dia Mundial da Audição faz o alerta sobre a perda auditiva na população São 12 milhões de pessoas com alguma perda auditiva no Brasil A Organização Mundial da Saúde celebra em 3 de março, o Dia Mundial da Audição. O objetivo é chamar a......
Você sabe o que é o despertador cronológico?06/11/19 Com certeza você já passou pela situação de acordar antes do despertador tocar. Ou teve vontade de dormir mais cedo que seu companheiro, que costuma se deitar depois da meia noite. O nosso corpo e a nossa mente estão acostumados com a rotina estabelecida pelo......

Voltar para Blog

categorias-noticias