Postado em 07 de Fevereiro às 08h20

FEVEREIRO ROXO: campanha busca conscientizar sobre doenças como fibromialgia, lúpus e alzheimer

Datas Comemorativas (36)


O diagnóstico precoce é sempre a melhor solução para tratamento de doenças. É por isso que, cada vez mais, aparecem campanhas de conscientização pelo mundo. Até mesmo para doenças que não tem cura, ter o diagnóstico precoce favorece o tratamento, como é o caso das doenças abordadas na campanha Fevereiro Roxo.

Lúpus, Alzheimer e fibromialgia são silenciosas, com sintomas de progresso gradual, que embora não sejam curáveis, quando descobertas precocemente, são mais fáceis de tratar, e os resultados são mais positivos para a qualidade de vida do paciente. Para entender melhor as características de cada doença, vamos falar sobre cada uma delas abaixo.

Lúpus

Distúrbio crônico que afeta o sistema imunológico, e faz com que o organismos produza anticorpos excessivamente, o que provoca lesões e inflamações que podem afetar a pele ou órgãos internos. Entre seu sintomas, estão dores nas articulações, queda de cabelo, febre, dor de cabeça, feridas na boca, manchas avermelhadas pelo corpo e em casos mais graves, convulsões.

Entre os fatores de risco, podemos citar o histórico familiar da doença, uso de contraceptivos orais e alta exposição de raios ultravioletas. O diagnóstico pode ser feito com exames de sangue que meçam a produção de anticorpos, mas eles por si só não são suficientes em alguns casos, e aí é necessária uma investigação mais detalhada.

Alzheimer

Com evolução lenta e progressiva, trata-se de um transtorno neurodegenerativo que se manifesta principalmente em adultos maiores de 65 anos. De acordo com o Ministério da Saude, no Brasil, o Alzheimer afeta cerca de 33% da população acima de 85 anos, sendo que, as mulheres são as mais afetadas. 


Não há até o momento maneiras de previnir a doença, mas obter hábitos mais saudáveis podem ajudar o corpo e a mente. Os primeiros sintomas costumam ser falta de concentração e pequenos esquecimentos, mas outros sinais podem ser um alerta, como: dificuldade para realizar atividades do cotidiano; dificuldade de raciocínio; mudança de personalidade, humor e comportamento; dificuldade de comunicação e outros.


Fibromialgia

Doença reumática, se caracteriza pela dor muscular crônica e generalizada com a possibilidade de evoluir para incapacidade física. Conforme a Sociedade Brasileira de Reumatologia, a cada 10 pessoas com fibromialgia, de sete a nove são mulheres. A síndrome causa cansaço excessivo, ansiedade, depressão e alterações no sono.

Alguns sintomas da fibromialgia são: dor intensa ao toque; rigidez muscular; cansaço frequente; problema de concentração e memória. A doença é mais frequente em mulheres na faixa de 30 a 50 anos, e seu diagnóstico é clínico, feito por reumatologistas a partir de histórico do paciente ou relato. Não existem exames para diagnosticar a fibromialgia.

  • EkoSaúde - Informação que promove saúde, bem-estar e qualidade de vida -

Veja também

Uma doce data: a celebração da Páscoa em família21/04/19 A Páscoa é uma data especial, circundada por significados. Carrega o espírito da comunhão, momentos desfrutados de maneira coletiva e a partilha da empatia. Acima de qualquer crença, tem como objetivo a união familiar, através da renovação de laços afetivos e de tradições culinárias e festivas, como brincadeiras lúdicas com as crianças.             O cardápio…...
Dia dos Pais - De herói à exemplo11/08/18 A figura do pai herói sempre esteve presente durante a nossa infância. Quando precisávamos pegar uma xícara no alto para fazer achocolatado ou quando era preciso de uma mão para segurar a bicicleta enquanto andávamos. Parecia mágica a maneira que ele......
DIA NACIONAL DO LIVRO29/10/20Hábito de ler antes de dormir auxilia na qualidade do sono Não é novidade que o contato com telas antes de dormir pode prejudicar seu sono. Vivemos em um mundo cada vez mais tecnológico, é muito comum dar aquela espiadinha no celular antes de dormir, ou até mesmo assistir......

Voltar para Blog

categorias-noticias