Postado em 01 de Agosto de 2017 às 12h35

Você sabe como está seu colesterol?

Saúde (82)
Os hábitos alimentares saudáveis fazem muita diferença em nosso dia-a-dia.  Alimentar-se de maneira equilibrada, correta e saudável é uma das premissas para uma vida saudável e um corpo cheio de energia. De acordo com a nutricionista Monique Zanini o baixo consumo de frutas, verduras e alimentos ricos em fibras e o alto consumo de gordura…

Os hábitos alimentares saudáveis fazem muita diferença em nosso dia-a-dia.  Alimentar-se de maneira equilibrada, correta e saudável é uma das premissas para uma vida saudável e um corpo cheio de energia. De acordo com a nutricionista Monique Zanini o baixo consumo de frutas, verduras e alimentos ricos em fibras e o alto consumo de gordura aumenta a propensão ao desenvolvimento de doenças crônicas, principalmente as cardiovasculares, como hipertensão, infarto e derrame, por aumentar a probabilidade de ocorrência de aterosclerose.

Colesterol bom e ruim

O colesterol é uma gordura essencial ao nosso organismo, no entanto é preciso ter cuidado na compreensão sobre os dois tipos de colesterol existentes: o HDL, conhecido como colesterol bom, e o LDL, o tal colesterol ruim, que em excesso pode causar doenças cardiovasculares.

Além da má alimentação o indivíduo pode possuir o favorecimento genético a desenvolver doenças do coração, mas é possível prevenir com uma alimentação equilibrada e a prática de exercícios físicos regularmente.

Existem hábitos e medidas alimentares que podem evitar o surgimento do colesterol ruim no organismo. ?Alimentos de verdade como frutas, verduras, produtos integrais e a variedade como um todo, são ótimos para prevenir o colesterol alto. Uma boa alternativa é o abacate, que está entre as frutas que mais possui a gordura ideal para prevenção, pois possui gordura monoinsaturada, considerada benéfica para a saúde humana?, explica Monique.

Sintomas e tratamento

Os principais sinais do colesterol alto destacados por Monique são dormências das extremidades como pés e mãos, mau hálito, sensação de peso e indigestão após refeições. Os enjoos, dores de cabeça e prisão de ventre também são frequentes, afinal há um acúmulo de lipídios nas artérias que acaba afetando as funções digestivas.

Existem medicamentos que auxiliam no controle do alto colesterol, mas as melhoras significativas só acontecem quando há uma mudança no estilo de vida. Redução de estresse, manter o peso sob controle, abandonar vícios como álcool e tabagismo, praticar exercícios físicos e fazer uma reeducação alimentar são atitudes e medidas essenciais para quem deseja diminuir os níveis de colesterol e consequentemente ter uma vida melhor.

Veja também

Outubro Rosa: atenção e cuidado com a saúde02/10/19 O câncer de mama é o tipo da doença mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, correspondendo a cerca de 29% dos casos novos a cada ano no país. Causada pela multiplicação desordenada de células da mama, esse processo gera células anormais que se multiplicam, formando um tumor. Há vários tipos de…...
Você já tomou água hoje?11/09/18 O corpo de um adulto saudável é composto por 60 a 70% de água. Toda essa quantidade é distribuída pelo nosso corpo, entre as células e órgãos vitais. Desde a escola, aprendemos que ela é essencial para manter o nosso corpo saudável e que, sem ela sofremos de......
Dieta na terceira idade: A importância das vitaminas e proteínas28/08/17 Quando um indivíduo ultrapassa a marca dos 60 anos, ele chega a chamada terceira idade. A partir desse ponto da vida, é necessário tomar  cuidados extras com a saúde, principalmente se tratando de alimentação. Nessa idade, o nosso organismo começa a perder......

Voltar para Blog

categorias-noticias