Postado em 17 de Maio de 2018 às 15h15

O cálculo do IMC é válido para todos?

Saúde (79)
Ouvimos muito falar do cálculo do Índice do Massa Corporal (IMC). Quando vamos à academia pela primeira vez é comum que o educar físico nos pese e verifique nossa altura para calcular esse índice. Mas para que ele serve? Os números estão sempre corretos? O educador físico Felipe Saretta comenta que este método avaliativo foi…

Ouvimos muito falar do cálculo do Índice do Massa Corporal (IMC). Quando vamos à academia pela primeira vez é comum que o educar físico nos pese e verifique nossa altura para calcular esse índice. Mas para que ele serve? Os números estão sempre corretos?

O educador físico Felipe Saretta comenta que este método avaliativo foi desenvolvido para sabermos o “peso ideal”, onde o indivíduo é classificado em alguns grupos como: magreza, saudável, sobrepeso, obesidade grau I, obesidade grau II (severa), obesidade grau III (mórbida).

            Para saber em qual grau estamos, é necessário fazer o cálculo a partir dos dados da massa e estatura de cada pessoa. A determinação se dá pela divisão da massa pela estatura ao quadrado (peso/altura²). Para estar dentro do peso ideal, o resultado deste cálculo deve ficar entre 15,5 e 24,99

                Mas atenção! É possível que mesmo que esse número seja maior, você esteja totalmente saudável e dentro do seu peso. Isso pode acontecer pois o IMC não leva em consideração a massa magra que está livre de gordura, além de massa óssea. Essa conta considera a massa do indivíduo como um todo. Felipe traz um exemplo prático: ?se o indivíduo possui uma massa de 100kg, um percentual de gordura de 10% e estatura de 1,75m seu IMC será 32, classificado como obeso, mesmo o indivíduo possuindo um baixo percentual de gordura corporal?.

Se o objetivo da consulta for mensurar o índice de massa de uma grande população, para obter uma porcentagem de como está o grau de nutrição da população em estudo, este é um método muito válido. Mas, caso a consulta seja para verificar como está a composição corporal de cada indivíduo, analisando a massa muscular livre de gordura e o percentual de gordura corporal, não pode ser considerado um método válido.  Fica para os profissionais analisarem se este teste se encaixa para seus alunos. E não esqueça: procure profissionais qualificados para cuidarem da sua saúde.

Veja também

Terceira Idade: Doenças Cardiovasculares podem ser prevenidas27/06/17 Chegar na terceira idade com qualidade de vida é fundamental para evitar inúmeros problemas e desconfortos. No entanto, a plena saúde nesta fase da vida pode ser um desafio, já que com passar do tempo as vulnerabilidades do organismo aparecem com mais intensidade. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), três em cada…...
Seu coração precisa de um sono tranquilo.28/05/20 Durante o sono nosso metabolismo desacelera para nos proporcionar descanso. O mesmo efeito acontece com o coração, quando o sistema nervoso auxilia no relaxamento do músculo cardíaco. Com isso, os batimentos ficam mais lentos,......
Colágeno, substância vital!01/08/18 O colágeno representa cerca de 25% de toda proteína do organismo humano. Sua função é essencialmente estrutural, afinal proporciona sustentação às células, mantendo-as unidas. A proteína é produzida normalmente no organismo desde o nascimento, mas a partir......

Voltar para Blog

categorias-noticias