Postado em 10 de Junho de 2020 às 15h29

OS QUATRO ESTÁGIOS DO SONO

Bem-Estar (62)

1 - O primeiro começa cerca de cinco minutos depois que caímos na cama. É a mudança do estado de vigília para o sono mais profundo, mas ainda leve. Ficamos pouco conscientes e com a atenção reduzida. Nesse momento é possível despertar com facilidade e os sonhos são relacionados a fatores recentes.


2 - O segundo leva de cinco a 15 minutos, é ligeiramente profundo e quando estamos nesse estágio já fica um pouco mais difícil acordar tão facilmente. Ele é dedicado principalmente à reparação física. Depois de um dia de treino na academia ou uma corrida no fim da tarde, por exemplo, a duração desse sono tende a ser maior.


3 - No terceiro estágio, que dura entre 15 e 20 minutos, o sono fica mais pesado e a pessoa só acorda com estímulos mais fortes.


4 - Esse é o período de sono profundo, quando fica realmente difícil acordar. Aqui começa um ciclo repetitivo. Ao terminar esse estágio, a pessoa volta ao terceiro estágio, passa pelo segundo período e entra no sono REM (do inglês: movimentos rápidos dos olhos) quando a atividade cerebral fica mais rápida. Depois sai do sono REM e retoma o Não-REM, que é mais lento e subdividido em quatro estágios diferentes, e assim vai intercalando. A atividade cerebral fica mais intensa, tanto que aumenta a frequência de descargas dos neurônios. O organismo desempenha tarefas fundamentais para a saúde física e mental, como a consolidação da memória. O auge do relaxamento físico acontece nessa última fase e é aqui que ocorrem os sonhos. Ao mesmo tempo em que o corpo descansa, o cérebro trabalha a mil.

  • EkoSaúde - Informação que promove saúde, bem-estar e qualidade de vida -

Veja também

6 dicas para uma boa noite de sono14/02/17 Chegar em casa, tomar um banho relaxante e aproveitar uma boa noite de sono é uma receita infalível para renovar as energias. Mas os benefícios do sono vão muito além de preparar o organismo para a maratona do dia seguinte. Enquanto estamos dormindo, nosso organismo funciona a todo vapor e trabalha para diminuir os excessos…...
Depressão, é preciso amor para curar15/01/18 Por muito tempo a depressão foi mal vista pela sociedade, tornando a doença grande motivo de paradigmas e tabus. Ainda hoje é possível encontrar pessoas que não aceitam o diagnóstico e resistem aos mecanismos de tratamento e cura. O paciente que apresenta......
Vamos dançar?07/05/18 Você gosta de dançar? A dança é uma arte que existe há muitos anos e é também uma forma de se expressar. Além disso, traz muitos benefícios para nosso corpo, já que mexe com todas as partes dele. Ah, e ela pode ser praticada em qualquer idade, por qualquer......

Voltar para Blog

categorias-noticias