Postado em 23 de Dezembro de 2019 às 17h38

Sonho ou pesadelo?

Dicas (54)Sono (52)
Estamos dormindo cada vez menos. Essa privação de sono reduz o vigor físico, compromete a produtividade, a memória e o sistema imunológico e aumenta a chance de irritabilidade. Além disso, pode vir a causar distúrbios e pesadelos. Com certeza você já deve ter sonhado que estava caindo, ou sendo perseguido, ou se afogando. São sonhos…

Estamos dormindo cada vez menos. Essa privação de sono reduz o vigor físico, compromete a produtividade, a memória e o sistema imunológico e aumenta a chance de irritabilidade. Além disso, pode vir a causar distúrbios e pesadelos.
Com certeza você já deve ter sonhado que estava caindo, ou sendo perseguido, ou se afogando. São sonhos que causam sensações de medo, angústia, tristeza e demais sentimentos ruins. Segundo a Associação Americana do Sono, cerca de 90% das pessoas tem pesadelo em algum momento da vida.
Mas você já se perguntou por que sonhamos essas experiências ruins? Em um estudo recente publicado na revista New Scientist, a pesquisadora Michelle Carr, que estuda sonhos na Universidade de Montreal, explica que existem duas teorias dominantes para o surgimento dos pesadelos. Uma é que eles são uma reação a experiências negativas que acontecem enquanto estamos acordados. A outra é a “teoria de simulação de risco”, a ideia de que usamos os pesadelos para “treinar” adversidades, de forma que estejamos mais preparados quando coisas ruins realmente acontecerem.
Apesar de parecer algo desagradável para se sonhar, em outro estudo realizado na década de 80 pelo pesquisador do sono Ernest Hartmann, que trabalhou como psiquiatra em uma universidade de medicina em Boston, descobriu que pessoas que buscavam ajuda para ter noites mais tranquilas não eram necessariamente mais assustadiças ou ansiosas, mas tinham maior sensibilidade emocional em geral.
Ele concluiu que sensibilidade é a principal causa para sonhos mais intensos, como os pesadelos. Uma sensibilidade mais alta a ameaças ou medo durante o dia pode resultar em sonhos ruins, enquanto paixão e empolgação causará sonhos mais felizes.
Para evitar os pesadelos, é possível adotar alguns hábitos. As dicas são as seguintes:
Pratique atividades físicas pois elas liberam endorfinas, hormônio com efeito analgésico que contribui para o sono;
Não abuse do álcool;
Evite a cafeína nos períodos vespertino e noturno;
Cuidado com as histórias assustadoras antes de dormir, principalmente se você é uma pessoa que se impressiona facilmente com elas;
Invista num ritual do sono e pratique atividades relaxantes antes de dormir.
_______________________________

 

Veja também

Criar rotina para a quarentena auxilia no sono09/04/20 Muito já se discute sobre as mudanças que o COVID-19, ou Coronavírus, está causando na rotina das pessoas. É inegável pensar que a doença está transformando como trabalhamos, nos relacionamos com a família e também como nos comportamos.  A rotina, que antes nos fazia sair de casa para trabalhar, para ir ao mercado regularmente ou para......
Ervas Naturais e tratamentos alternativos.22/05/17 A natureza é uma importante fonte de elementos e ingredientes que proporcionam saúde e qualidade de vida para as mais variadas doenças e complicações. As soluções naturais tornam-se uma opção cada vez mais frequente na busca por tratamentos e curas......
Dormir bem é aliado contra o coronavírus.06/05/20 Desde o final de 2019, o mundo vem acompanhando o desenvolvimento da Covid-19, doença causada pelo coronavírus SARS-CoV-2, que apresenta um quadro clínico que varia de infecções assintomáticas a quadros......

Voltar para Blog

categorias-noticias