Postado em 22 de Junho de 2017 às 17h04

Terror noturno infantil: saiba o que fazer

Dicas (54)
O terror noturno é um distúrbio do sono que acontece através de episódios de pânico no decorrer da noite. Quando isso acontece a criança pode chorar, gritar, gemer, ter batimentos cardíacos acelerados, sentar na cama e até mesmo se debater. Durante estes episódios, mesmo que a criança esteja com os olhos abertos ela não está…

O terror noturno é um distúrbio do sono que acontece através de episódios de pânico no decorrer da noite. Quando isso acontece a criança pode chorar, gritar, gemer, ter batimentos cardíacos acelerados, sentar na cama e até mesmo se debater. Durante estes episódios, mesmo que a criança esteja com os olhos abertos ela não está acordada, por isso não percebe que os pais estão ao seu lado e não se acalma imediatamente.

A pneumologista e especialista em Medicina do Sono pela Associação Brasileira do Sono, Luciana de Oliveira Palombini explica que o terror noturno é classificado como uma parassonia, ou seja, um comportamento involuntário anormal durante o sono. ?No terror noturno ocorre um ataque súbito junto a associações de medo, tais como choro e gritos, geralmente nas primeiras horas de sono. Esse distúrbio do sono ocorre com maior frequência em crianças entre cinco e sete anos de idade?, explica Luciana. Essa crise pode durar alguns minutos. Depois que passa, a criança volta a dormir e, no dia seguinte não lembrará de nada que aconteceu.

É importante que a criança não seja acordada durante a crise, pois ela pode despertar muito assustada e permanecer assim por muito mais tempo. Os pais devem acompanhar a criança e oferecer proteção enquanto a crise acontece até que ela adormeça novamente. Se o terror noturno apresentar consequências e prejuízos físicos, ou emocionais, os pais ou responsáveis devem buscar orientação médica para iniciar o devido tratamento. Assim, além de diminuir os efeitos e sintomas, é possível ter segurança em anular possíveis efeitos nocivos para as crianças.

Veja também

Os inimigos do sono08/02/19 Estudos apontam que 60% da população tem algum problema com sono. Isso mesmo! Insônia, roncos e pausas de respiração, bruxismo, sono não reparador e movimentos anormais durante o sono são alguns problemas muito comuns que podem acometer a todos, principalmente no mundo atual. De acordo com a otorrinolaringologista, Amanda Costa, quando não se dorme direito…...
Dentes hipersensíveis: o que é e como tratar?13/06/18 Bebeu ou comeu algo muito quente ou muito frio e sentiu aquele arrepio nos dentes? Saiba que nossos dentes são naturalmente sensíveis a esses estímulos, por conta da sua vitalidade. Mas quando essa sensibilidade é exagerada, é preciso ficar atento. A dentista......
O que comer para dormir melhor?07/10/19 Quando nos deitamos na cama para dormir, nosso cérebro, assim como os nossos órgãos, começam um processo de memorização de todas as informações recebidas. É o momento de relaxar e descansar. Porém, a dificuldade de adormecer e manter o sono contínuo é um......

Voltar para Blog

categorias-noticias